Posts Tagged ‘On science’

Passe o cursor por cima da imagem.

setembro 26, 2009

O time que cuida das imagens enviadas pela sonda espacial Cassini, regidos por Carolyn Porco.

Anúncios

Quantum poetry.

agosto 16, 2009

Imaginamos os elétrons
como círculos rodopiantes,
girando ao redor do núcleo
alegres e saltitantes.

Mas isso não procede,
é, em verdade, bem diferente.
Os elétrons giram como uma nuvem:
probabilisticamente.

Pray tell, Mr. Babbage!

agosto 11, 2009

BABBAGE, Charles.

Charles Babbage. Matemático, filósofo, inventor e frasista: uma mistura de Frankenstein, Feynman e Stephen Fry do 1800’s.

Babbage nasceu cedo dois séculos cedo demais. Aos 31 anos, iniciou a construção de sua máquina diferencial – basicamente uma calculadora movida a vapor. E embora tivesse todos os recursos financeiros, a máquina nunca chegou a ser completada.

Depois, Babbage iniciou os projetos de sua máquina analítica – que, além de não ser completada, assim como a diferencial, sequer foi iniciada. Caso fosse, o primeiro computador teria sido inventado no século 19.

Fascinante, sobremaneira. Mas Charles Babbage estava a frente de seu tempo não apenas em questões matemáticas e logarítmicas: as indagações linguísticas também estavam entre seus interesses. Ao observar, por exemplo, alguns problemas no poema Visão do Pecado de Tennyson, Babbage prontamente endereçou uma carta ao autor:

Caso não fossem estes versos, seu poema seria belíssimo:

A todo instante morre um homem
A todo instante um homem nasce

… Fosse isto verdadeiro, a população do mundo estaria em suspenso. Na verdade, a taxa de natalidade excede levemente a de mortandade. Eu sugeriria que a próxima versão do seu poema lesse da seguinte forma:

A todo instante morre um homem
A todo instante 1 1/16 de homem nascem

Charles Babbage, senhoras e senhores.