Archive for janeiro, 2009

Fazer nada III.

janeiro 28, 2009

Swans in a plane.

no wonder the swans are angry: peguins get all the attention.

Fazer nada II.

janeiro 28, 2009

Mas ainda prefiro Tetris.

Fazer nada.

janeiro 28, 2009

Aprendi a jogar paciência Spider.

Futricando.

janeiro 24, 2009

Com nada para escrever, decidi dividir o site. 71 posts, 10 categorias.

Com mil diabos.

janeiro 13, 2009

E essa agora de terminar os posts com pontos de interrogação?

Indo à aula, segunda à noite, duvido de minha materialidade.

janeiro 13, 2009

17h30, give or take, atravesso a 13 de maio. Daqui a pouco, dobrarei a direita. Mantenho-me na faixa da direita. À esquerda, voltando, passa um fiat de cor vinho, modelo antigo, de arestas pontudas, quadradão. Dentro, quem guia é meu antigo professor de biologia. Tem pressa. Observo-o. Ele me olha uma vez, e olha para frente. Continuo observando, e ele me olha outra vez. Acena com o polegar estirado para mim e respondo, repetindo o gesto.

Reconheceu-me ou, já tão acostumado, percebeu-se observado por um antigo aluno?

The Singing Detective.

janeiro 10, 2009

In my dreams, you told me that you really, really care. // In my dreams, you told me: it’s a love that can’t compare. // So hold me, hold me, hold me, and never ever let me go.

Com Robert Downey Jr., Robin Wright Penn e Mel Gibson.

Pergunta.

janeiro 8, 2009

Meu iGoogle tem 147 atualizações. Chegando no Caderno de Saramago, olhei a lista. Catorze posts. No primeiro, o mais novo, havia um artigo retirado de uma revista. Presumo que o escritor com a careca e os óculos não o tenha redigido. Pensei por um momento e movi o cursor até “marcar tudo como lido”. Agora, tenho 133 atualizações.

O que isso diz de mim?

There’s no place like home.

janeiro 6, 2009

Bom estar de volta ao meu pequeno espaço. Feliz ano novo, feliz ano novo.