Gin and tonic.

outubro 23, 2008

Despite rationing, Amis managed to find enough sherry to get drunk for the first time in his life, an event which left him vomiting into a chamber pot. He also arranged for his first sexual encounter, through a friend who knew a woman who was willing but had a couple of requests: that he first read a marriage manual, and next, that he lay in a supply of condoms. If Amis’s fictional hints are to be trusted, the experience was less than a success, due to the fact that he did not follow the book’s advice.

Álcool e literatura não raro andam de mãos dadas. Brendan Behan definiu-se como um drinker with a wrinting problem. Scott Fitzgerald e Hemingway bebiam juntos, e tem até aquela estória da aposta no bar pra ver quem tinha o maior, a-ham, membro. Aqui pode-se encontrar um enorme, excelente trecho do livro A Drinking Companion, onde Kelly Boler narra as patuscadas de Kingsley Amis, especialmente a maior de todas elas: sua vida. Recomendo bastante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: